Vitaminas da beleza, ou seja, alimentos que ajudam a manter a imagem perfeita

Atualizado: 17 de set. de 2021


Cabelo bem cuidado, unhas duras e a pele aveludada e equilibrada são o nosso desejo na idade adiantada. Programas de televisão, revistas exercem pressão sobre nós para ser bonito. Mas o que podemos fazer quando a Mãe Natureza não nos deu os cabelos grossos e as unhas que não quebrem frequentemente?


O problema pode estar numa dieta mal equilibrada, revela-se que a maneira da alimentação tem um impacto significativo na nossa beleza. Alimentos que fornecemos ao nosso corpo devem conter uma quantidade adequada de vitaminas e minerais que irão apoiar o bom funcionamento da nossa pele, cabelo e unhas.

Vitaminas e oligoelementos são fornecidos aos órgãos internos em primeiro lugar. Se a sua dieta é pobre, a sua pele, unhas e cabelos deixam de ser nutridos corretamente. As deficiências dos elementos responsáveis pela nossa beleza a longo prazo levam à sua destruição gradual. Tais problemas de pele como a acne, as borbulhas e os cravos podem ser os primeiros sintomas da desnutrição do seu corpo. O mesmo se aplica às unhas escamadas, cabelo seco e queda do cabelo. Esta é uma maneira do seu corpo dizer-lhe que algo está a acontecer e que os nossos hábitos alimentares precisam ser alterados agora.

Não é possível manter a saúde e beleza sem respeitar os princípios duma alimentação saudável. Dieta variada e suplementos adequadamente selecionados podem ajudar-nos com problemas com cabelo, pele e unhas. Mas quais nutrientes e oligoelementos desempenham um papel fundamental na manutenção da beleza?

A vitamina A é uma vitamina de juventude. Existe em duas formas ativas: retinol e retinóide. É responsável pelo bom funcionamento dos olhos, pelo funcionamento do epitélio e pela manutenção da condição normal da pele, cabelos e unhas. A sua deficiência resulta em problemas de pele como acne e hiperqueratose da epiderme. Neste caso, o uso dos melhores cremes não ajuda muito, por isso tem que tratar do problema a partir do interior. É importante que a nossa dieta seja rica em retinol. A fonte natural de vitamina A são cenouras, espinafres, pimento vermelho, manteiga, fígado de porco e queijo curado. Mas cuidado, também é importante não exceder a dose diária de vitamina A, uma vez que a sua dose excessiva pode ser tóxica para o seu fígado.

Também as vitaminas do grupo B têm um impacto benéfico sobre a sua beleza. Provou-se que a deficiência de riboflavina causa rachaduras e descamação dos lábios, tão comuns durante outono e inverno. A falta desta vitamina provoca a formação de cheilosis nos cantos da boca. Além disso, a riboflavina atrasa os processos de formação de rugas e melhora o tom de pele. A tiamina acelera o processo de cicatrização de feridas e reduz o risco de alterações inflamatórias da pele, tais como acne e cravos.

A queda do cabelo ou cabelo quebradiço é muitas vezes um sintoma da falta de ferro na sua dieta. O ferro é um microelemento que está envolvido no processo de respiração celular. Os iões de ferro, formam a hemoglobina, fornecem energia às células da matriz capilar que, graças à sua intensa divisão e diferenciação, cria cabelos poderosos e fortes. O ferro pode ser encontrado na carne e fígado, bem como nas sementes de abóbora e de girassol, abacate, espinafres, nozes e salsa.

Outro micronutriente muito importante para o seu cabelo é o cobre. Este mineral está presente em quantidades muito pequenas na dieta regular. A sua deficiência pode ser fatal para o estado dos seus cabelos e unhas. O cobre está ativamente envolvido nos processos de absorção de ferro, evitando a calvície. É muito bem absorvido pelas células, incluindo as células responsáveis pela condição dos folículos pilosos e placa ungueal. O cobre também é conhecido pelas suas propriedades antioxidantes. Isso significa que previne efetivamente os efeitos nocivos dos radicais livres que aceleram o processo de envelhecimento. As fontes naturais de cobre na dieta são marisco, carne, cacau natural, sementes de girassol e sementes de abóbora, bem como nozes e amêndoas.

Unhas frágeis e descamadas também podem ser um sinal de que o seu corpo precisa de zinco. A sua deficiência ocorre na maioria da população. O zinco existe nos produtos que comemos raramente e em quantidades muito pequenas para satisfazer as necessidades. Estes incluem, entre outros, fígado de vitela, sementes de abóbora, queijo Emmental e amêndoas. As grandes quantidades de zinco também são encontradas em chocolate preto e cacau. Recomenda-se suplementar este elemento na dieta.

Nutricosméticos estão presentes no mercado há algum tempo. São suplementos alimentares criados duma forma muito específica. Nutricosméticos contém complexo de vitaminas, bem como micro e macroelementos, que protegem a nossa beleza do interior. São presentes numa forma facilmente absorvida de comprimidos tomados uma vez por dia. Um desses suplementos alimentares, tanto para mulheres como para homens, é o NUTRICODE HAIR SKIN NAILS com a Fórmula Pro-Beauty, que contém um complexo de vitaminas do grupo B, A, C e E, bem como microelementos responsáveis ​​pela condição de cabelo e unhas. Uma vantagem adicional deste produto é o conteúdo de levedura de cerveja e aminoácidos de enxofre que promovem o crescimento do cabelo e evitam a formação de erupções cutâneas no rosto. Este suplemento também merece atenção por causa do seu alto potencial antioxidante - contém extrato de romã, que neutraliza os radicais livres e inibe espécies de oxigênio reativo responsáveis pela danificação do ADN e envelhecimento.

A nutrição racional e a suplementação apropriadamente selecionada são uma resposta à questão de como preservar a beleza por anos. Assim, se aprendermos a usar o poder de nutrientes, vitaminas e oligoelementos, o nosso cabelo, pele e unhas irão manter um belo aspeto que nos orgulhará. É importante, no entanto, não esperar que os resultados apareçam do dia para a noite – a regularidade é o nosso aliado na luta pela beleza natural.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo